FANDOM


Kurishimi no hibi

História e Cosmologia Editar

Antes da própria da realidade existir, tudo era tomado por uma vazio que transcendia o conceito de infinito, nesse vazio só habitava os Deuses externos e algumas deidades primordiais, porém uma entidade onipotente criou uma fruta, a fruta era parecida com uma maçã, era possível ver um universo dentro da fruta, a fruta foi deixada no vazio, e dessa fruta se originou a realidade, a realidade tomou a forma de uma árvore, dessa árvore surgiu outros frutos, e dos frutos surgiram dimensões, a árvore em si tornou uma matriz de infinitas dimensões, e desses frutos os deuses surgiram, a fruta de número 1 criou, a primeira dimensão, a fruta de número 2 criou a segunda dimensão onde o conceito de altura era inexistente, a fruta de número 3 criou a terceira dimensão, a dimensão dos humanos, as entidades menores só foram surgindo a partir da quarta dimensão, e os deuses e deidades a partir da fruta de número 12, deuses menores como Thanatos e Hypnos nasceram da fruta de número 12, assim conseguindo uma matriz dimensional 12D, deuses maiores com Zeus, Odin, Hades entre outros, nasceram da fruta da fruta de número 24, assim tento uma matriz 24D, porém a árvore parou de da frutos depois de 24 frutos, e as 24 dimensões ficaram conhecidas como multiverso, a árvore tinha um matriz dimensional infinita, porém só deu 24 frutos, então a árvore recebeu 2 nomes YggDrasil e Hiperverso, e assim a realidade como um todo foi criada.

A história conta a vida de um garoto chamado Ryuga, que um dia conheceu um anjo e desde então ele enfrenta seres sobrenaturais.

Poder do Verso Editar

Um verso de poder extremo, qualquer Deus é capaz um patamar de 12 dimensões, e os mais poderosos alcançar um patamar de 24, fora as Deidades primordiais que existem em infinitas dimensões, e os deuses externos que vivem num vazio além de toda a criação onde não existem conceitos.

Personagens Editar

Protagonistas: Editar

Ryuga

Shirou

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.